Fobia

O medo faz parte da vida de todos nós. O fato de nos amedrontarmos diante de uma situação de perigo é fundamental para nossa própria sobrevivência. Porém, existem pessoas que sentem um medo excessivo por algo que visivelmente não apresentam nenhum perigo real, mas para essas pessoas são verdadeiros martírios conviver diante do que temem. Estas situações são, por esse motivo, evitadas e/ou suportadas com temor.

A fobia caracteriza-se então por esses temores inapropriados a objetos e situações que se tem medo, fazendo com que a pessoa que sofre desse transtorno tente evitar ou de fato evite o que lhe apavora a qualquer custo. As preocupações dessa pessoa podem estar centradas sobre sintomas individuais tais como medo exacerbado, pavor, palpitações ou uma impressão de desmaio, e podem associar-se com medo de morrer, perda do autocontrole ou de enlouquecer. A simples evocação de uma situação fóbica pode desencadear uma ansiedade antecipatória, como por exemplo: uma pessoa que tem fobia por ratos pode sentir diversos sintomas mesmo não estando diante de um rato, e sim apenas por ver uma figura deste ou ouvir falar do animal. A ansiedade fóbica frequentemente se associa a uma depressão.

Pode-se dizer que entre alguns exemplos de fobias estão: a agorafobia (medo de lugares cheios, fechados, na qual a pessoa sente-se mais segura se estiver perto de algum local de saída, como portas e escadas), a fobia social (medo de situações sociais, especialmente com pessoas estranhas) e a fobia simples (medo intenso de um objeto ou de uma situação específica).

É muito importante ressaltar que a fobia pode ser tratada através de psicoterapia, terapias de comportamento (a Terapia Comportamental Cognitiva é bastante utilizada, pois abrange técnicas muito interessantes como as de enfrentamento, o que é possível obter resultados extremamente positivos) e em casos mais graves pode-se recorrer a medicamentos prescritos por psiquiatras e outros especialistas da área médica.

Não podemos deixar de lembrar que a compreensão e o acolhimento da família e dos amigos é fundamental.
Rua Comendador Miguel Calfat, 128
Itaim Bibi - Cep: 04537-080 - São Paulo - SP
Telefone: 55 (11) 3045.2035
E-mail: contato@psicologajulianacampos.com.br
Criação de Sites Profissionais – em Campinas, São Paulo - SP